CABEÇA
DE LÍDER

José Luiz Tejon

Eldorado/Estadão - Roberto Waack, direto da COP26, comenta as quatro frentes para reduzir o efeito estufa e as mudanças climáticas

Publicado em 12/11/2021

Divulgação
Roberto Waack, conselheiro de Administração da Marfrig

José Luiz Tejon entrevista nesta sexta-feira, Roberto Waack, líder de movimentos de sustentabilidade e meio ambiente e atual membro do Conselho de Administração da Marfrig, uma das líderes do mundo da carne, que está na COP26 representando a concertação pela Amazônia. Ele fala com o Jornal Eldorado, na Coluna Agroconsciente, diretamente de Glasgow, sobre as quatro frentes de debate: concentração da produção de energia no carvão, declaração de florestas, inclusão dos povos indígenas no tema de mudanças climáticas e a questão que envolve o uso do metano na produção da pecuária para reduzir as emissões de gases do efeito estufa.

 

Ouça a entrevista abaixo com Carolina Ercolin e Tejon no Jornal Eldorado!

 

 

Também pode interessar

O agro faz sucesso e precisa fazer muito mais sucesso numa reunião de 3 peças sagradas daqui para frente.
Letícia Jachinto, presidente da campanha "De olho no material escolar", constatando desinformações nos materiais escolares das crianças no ensino fundamental e secundário, reuniu um grupo atuante de mulheres do Núcleo Feminino do Agronegócio (NFA), convocou educadores, editoras, dirigentes das escolas, contou com apoio do setor industrial e comercial, da mídia, e já obteve a revisão e atualização dos materiais escolares.
O leite se transformou em um problema no custo da alimentação puxando a inflação. Na comparação junho 2021 com junho 2022, o leite aumentou 37,61%. E a previsão para julho é de aumentar 15% sobre junho. Quais as razões?
No editorial do Estadão de ontem (dia 6), o espectro da crise hídrica, vimos que "as mudanças climáticas estão deteriorando as condições hidrológicas brasileiras".
© 2024 José Luiz Tejon Megido. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por RMSite