CABEÇA
DE LÍDER

José Luiz Tejon

Eldorado/Estadão - Joanita Maestri Karoleski, presidente do Fundo JBS pela Amazônia, fala dos projetos em andamento

Publicado em 23/07/2021

Joanita Maestri Karoleski, presidente do Fundo JBS pela Amazônia

No Agroconsciente desta sexta-feira (23) conversei com Joanita Maestri Karoleski, presidente do Fundo JBS pela Amazônia, criado em setembro do ano passado, que teve início com uma captação de R$ 250 milhões. Desse total, R$ 56 milhões já estão sendo investidos em seis projetos, três de cadeias e três estruturantes.

Esse fundo não tem fins lucrativos e conta com um time de Sustentabilidade e de Operação e Controle, além de receber apoio dos Conselhos de Administração, Fiscal e Consultivo (formado por diversas personalidades do país conhecedoras da Amazônia) e um Comitê Técnico (responsável por selecionar projetos), todos independentes.

Os objetivos do fundo são norteados em três pilares: conservação, desenvolvimento de comunidades da bioeconomia e ciência e tecnologia. As metas são audaciosas, até 2030 o fundo pretende ter em caixa R$ 1 bilhão.

Para conhecer todos os detalhes de como participar e dos projetos acesse: https://fundojbsamazonia.org/

Também pode interessar

Após 5 anos do Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio – CNMA, com cerca de 7500 presenças, e pesquisas realizadas sobre o perfil e o protagonismo das mulheres nesse complexo agropecuário, industrial, comercial e de serviços, apresento um estudo onde identificamos as “7 virtudes capitais das mulheres do agro CNMA“.
Com agricultura na metrópole de São Paulo será possível frear o aquecimento da temperatura que subiu 1 grau centígrado de 1985 a 2019 e diminuir 0,2 grau em relação a 2019. 
Paulo Rabello de Castro no Estadão deste domingo (16) aborda a importância do Censo, e da mesma maneira importantíssimo este Censo para tirarmos uma fotografia atual dos distintos agronegócios que temos no país.
País sem conciliação, estratégia de polarização, tudo vira judicialização, todo mundo briga e ninguém tem razão, e também sobra para a Ferrogrão.
© 2021 José Luiz Tejon Megido. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por RMSite